2 de janeiro de 2018

Acordei cedo como não fazia há dez dias pra me despedir das visitas. A vista tão linda está coberta por uma camada consistente de neblina e chove a cântaros.

________

Eu percorria uma das cidades que amo, reconhecível apesar da geografia toda embaralhada comum aos sonhos. Passava seguidamente por dentro de lojas, atravessava ruas sem olhar, corria ladeiras abaixo e repetia as voltas, como nos filmes em que as coisas se repetem e se modificam por uma parada a mais num semáforo. Encontrava uma manifestação desordenada e barulhenta, pessoas conhecidas a quem contava que minha mãe vai se aposentar, e me livrava do tumulto correndo rua abaixo, em direção ao outro lado da avenida.

Cruzei uma, duas, três paralelas à avenida, ladeira acima, e na quadra de baixo entrevi o movimento do seu quarteirão. Você passou com um cachorro na coleira, me viu e veio falar comigo. Eu usava uma espécie de roupão azul marinho por cima da roupa.

Com ar sarcástico você chegava perto do meu rosto (o cachorro já sumira da cena) e dizia que eu não conseguia mesmo parar de pensar em você, lá estava eu na sua esquina. Não lembro o que respondi. Nossas bocas quase se tocavam, como naquele milissegundo delicioso de desejo e expectativa que antecede um beijo. E você me beijou. Ignoramos a rua, as pessoas, conversamos falando baixinho, rostos quase grudados, ao pé do ouvido. Confissões e vontades.

Mágica. Devo ter acordado sorrindo, mesmo com o cachorro me cutucando com o focinho gelado e pedindo pra sair pra varanda. Vou considerar esse sonho um presente seu de Ano Novo e de despedida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s